38°C na Sibéria

Temperatura é 10°C maior que a média local

Foto: ONU News (Reprodução)

A Organização Metereológica Mundial (OMM) confirmou, no último dia 14, que a cidade russa de Verkhoyansk, no círculo Ártico, atingiu temperatura recorde de 38°C. Para Filipe Lúcio, diretor de Serviços e Desenvolvimento da OMM, “tudo isso são manifestações do impacto das mudanças climáticas”.

A agência ainda monitora outros locais conhecidamente quentes. No vale da morte, na Califórnia, o maior registro foi de 54,4°C. Na Europa, a marca de 48,8°C, que teria sido registrada na Sicília, ainda será confirmada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: